Exumação dos restos mortais do Padre Ângelo Bruno

09/08/2014 23:49

Hoje, dia 09 de agosto de 2014, foi feita a exumação dos restos mortais do Padre Ângelo Bruno, primeiro pároco da Paróquia Nossa Senhora Mãe da Divina Providência, no bairro da Engenhoca. 
Vale ressaltar, que a exumação foi feita com autorização arquidiocesana e por necessidade, devido as atuais obras da Matriz. Seus restos mortais foram transladados para um nicho que foi preparado na Sacristia da MAtriz.

Padre Ângelo Bruno, nasceu na cidade de Itú, em São Pauo de 1906. filho de Angelo Fanchini e Avelina Fanchini. Fez os seus estudos eclesiásticos nos seguintes Seminários: no Seminário de Botucatu, o curso preparatório; no Seminário de Campinas, o curso de Filosofia e Teologia até o 3º ano; e no Seminário de Ipiranga, São Paulo, o 4º ano de Teologia. Ordenou-se sacerdote, recebendo o presbiterado das mãos de Dom Francisco de Campos Barreto, Bispo de Campinas a cuja Diocese pertencia, a 15 de agosto de 1934 na Catedral daquela Diocese..
Com a criação da Diocese de Piracicaba em 1944, ficou pertencendo a nova Diocese a que pertencia a Paróquia de onde era Viigário. em 1948, ingressou na Ordem Cistercienses no Mosteiro de Itaporanga (São Paulo,Diocese de Sorocaba) onde permaneceu até 1953, quando passou para a Congregação dos Padres Vocacionistas, na casa de Itaparica, na Bahia. No ano seguinte, veio para a Diocese de Niterói, deixando a Congregação do Vocacionistas e assumindo como Vigário Ecônomo da Paróquia da Engenhoca, onde ficou e foi sepultado após sua morte em fevereiro de 1973

Veja as fotos no Link  abaixo:

www.maedivinaprovidencia.com.br/fotos/exuma%C3%A7%C3%A3o-dos-restos-mortais-do-padre-%C3%A2ngelo-bruno%2c-em-09-08-2014/