Paróquia Nossa Senhora Mãe da Divina Providência

A Comunicação a Serviço de Deus

07/05/2014 01:20

( Por Catarina Ribeiro) - Bibliotecaria e Mestre em Ciência da Informação -

            Derivada da palavra em latim communicare, comunicação significa partilhar, participar algo, tornar comum. É um processo que envolve a troca de informação entre as pessoas.

            Então, como comunicar a Palavra de Deus?             

            Desde o Antigo Testamento, diversas formas de transmitir a Palavra são usadas; das inscrições dos Dez Mandamentos nas Tábuas da Lei, que foram entregues a Moisés, às Escrituras Sagradas. Podemos afirmar que a Bíblia é o mais importante meio de comunicação da Palavra. A Bíblia é a palavra de Deus e, por meio dela, Ele se comunica com cada um de nós. O próprio Cristo foi o maior comunicador da Palavra. Ele subia no monte para falar às multidões. Ele falava ao povo numa linguagem simples para explicar o reino de Deus.

            Ao longo da história vimos que para a evangelização o homem utilizou-se da oralidade, da escrita e, mais recentemente, dos meios de comunicação de massa, como o L’Osservatore, jornal oficial do Vaticano e a Rádio Vaticano, criada no pontificado do Papa Pio XI, em 1931.

            Atualmente, novos ambientes para a evangelização têm sido utilizados, como a construção de sítios eletrônicos ou até mesmo as redes sociais. As novas tecnologias auxiliam e potencialização a comunicação, tornando-a mais dinâmica. A tecnologia hoje é uma realidade e está presente em quase todas as atividades do homem. Sendo assim, por que não utilizar os recursos tecnológicos a serviço do Senhor?

            Diariamente, chegam ao nosso conhecimento diversas notícias ruins: corrupção, miséria, fome, crimes bárbaros etc. Se podemos utilizar os meios de comunicação para disseminar as más notícias, por que não utilizá-las para propagar as “boas novas”? Dessa forma, estaríamos seguindo aquilo que Jesus falou para seus discípulos: Ide e fazei discípulos entre todas as nações! (Mt 28, 19).

            Existem hoje diversos programas televisivos que constantemente defendem opiniões que vão de encontro aos dogmas da Igreja Católica. Esses programas atingem um enorme público que, em sua maioria, só dispõem das informações transmitidas por eles. E são essas informações que estão chegando aos adolescentes, aos jovens e mesmo aos adultos.

            Nesse contexto surge um grande desafio: de um lado, as possibilidades geradas pelas novas formas de comunicação; de outro, os limites na utilização desses recursos. É necessário que sejam utilizados de forma correta para que realmente seja um instrumento de evangelização. O papel dos novos meios de comunicação na evangelização seria, portanto, de grande importância, buscando levar ao conhecimento das pessoas a Palavra de Deus, a “boa nova”, isto é, os ensinamentos cristãos.

A Paz de Cristo!

 

 

 

 

Pesquisar no site

Contato

Equipe de Comunicação